SISCALC
Software ON LINE de Cálculo de Liquidação de Sentença

O SISCALC é hoje uma ferramenta de sucesso entre os advogados, um SOFTWARE DE CÁLCULO TRABALHISTA de fácil manuseio e entendimento, uma ferramenta que pode ser utilizada para:


- APRESENTAR SEUS CÁLCULOS DE LIQUIDAÇÃO DE SENTENÇA;

- AVALIAR VALORES DE VERBAS DE FORMA INDIVIDUAL;

- ELABORAR CÁLCULOS DE RITO SUMARISSIMO

- ELABORAR O SEU PASSIVO TRABALHISTA;

- AVALIAR E COMPARAR COM CÁLCULOS FEITOS PELAS PARTES;

Um Software de grande poder de auxílio ao jurídico trabalhista


ENTRE NO SITE DO SISCALC

ETAPAS DE CÁLCULO

Abaixo as etapas a serem observadas quando da elaboração dos cálculos.

Primeiro passo:  CADASTRAMENTO

Neste primeiro espaço devemos preencher os dados do processo que iremos trabalhar, assim como nome das partes, data de admissão e demissão, indice que iremos adotar e outros.

Segundo passo: EDITAR AS FÉRIAS

O segundo passo é informar os períodos que o reclamante tirou férias.  Importante para cálculo autimático dos reflexos das verbas a serem calculadas em férias.

Terceiro passo: INFORMAR OS SALÁRIOS

O terceiro passo é preenchermos os salários mensais recebidos pelo reclamante durante o pacto lacoral e que serão utilizados na base de cálculo das verbas deveridas. Informar a carga horária também. A data de pagamento já vem preenchida pela informação no cadastramento (passo primeiro).

Quarto passo: INFORMAR VERBAS (SUM 264 TST)

Neste quarto passo devemos informar mês a mês as verbas pagas ao reclamante, além do salário base, durante o período contratual, QUE SERÃO BASSE DE CÁLCULO PARA AS HORAS EXTRAS e SIMILARES.  A informação de VERBAS justamente é para observar a súmula 264 do TST para CÁLCULOS DE HORAS EXTRAS e SIMILARES.


Quinto passo: ESCOLHER AS VERBAS DE CÁLCULO

Neste quinto passo devemos MARCAR as verbas que foram deferidas em sentença para cálculo.  Após marcarmos todas as verbas devemos marcar também, OBRIGATÓRIAMENTE, os seguintes campos:

- Resumo do processo  (no alto)

- JUROS de mora das verbas apuradas (abaixo)

- INSS sobre verbas incidentes (abaixo)

- FGTS sobre verbas incidentes (abaixo)

- IRRF sobre verbas incidentes (abaixo)

Os quatro últimos são importantes pois calculam os reflexos sobre as verbas apuradas e o Resumo do processo aporesenta verba a verba seus valores, é a capa dos cálculos.

Sexto passo: TIRAR O RELATÓRIO FINAL

neste último passo, após gravarmos as etapas acima, geraremos um relatório que será a capa de nosso processo com um RESUMO de todas as verbas apuradas e suas integrações.